Família Biruta experimentando mate

Família Biruta experimentando mate

Uma das coisas mais legais da nossa viagem de motorhome, do Brasil até o deserto do Atacama, foi experimentar mate!

Bebida largamente consumida em todo o sul do Brasil e países vizinhos, herança dos costumes indígenas e cujo hábito nos dias de hoje tem características do contato destes com os jesuítas na época da colonização.

Ao logo de boa parte do caminho, Paraná e num longo trecho do nordeste e norte da Argentina, fomos percebendo como a cultura de consumo de mate é forte e faz parte da vida das pessoas em toda essa região.

No Paraná, principalmente em Foz (que faz divisa com a Argentina e o Paraguay) vimos as primeiras pessoas carregando consigo, a tiracolo, garrafas de água quente para preparação da bebida. E conforme a gente foi adentrando a Argentina, víamos mais e mais rodas de pessoas consumindo mate juntas. E também mais e mais máquinas de água quente em todos os lugares disponíveis para a sua preparação.

Na região de Missiones, na Argentina, o tempo parece parar para que as pessoas bebam mate varias vezes ao dia. Com pausas nos afazeres para que todo o ritual aconteça.  Preparação, partilha, normalmente em grupo, da bebida e conversa!   De manhã. No meio da manhã. Perto da hora do almoço. Depois do almoço…e assim vai. As pessoas, simplesmente param o que estão fazendo para se proporcionarem este momento.

A gente foi se encantando com isso. E  quisemos comprar a erva e os apetrechos não só para provar a bebida, mas para experimentarmos em nossa rotina este hábito de parar e compartilhar.

A gente adorou! Não tanto o gosto, mas a experiencia de vivenciar  outro jeito de viver a vida. E voltamos um tanto mudados quanto a isso. Decididos a mais pausas e mais momentos para estarmos juntos.

Foi também em missiones que nos encantamos com  o valor da siesta para os argentinos que também fazem uma grande pausa no meio do dia para descanso. Mas isso é assunto para outro post!

Veja abaixo  o vídeo da nossa experiencia com as crianças (a gente se divertiu a beça!).  E inspire-se para compartilhar experiencias diferentes em família. Foi bem legal porque eles não ofereceram NENHUMA resistencia para experimentar já que ficaram vários dias na expectativa de conhecerem os acessórios, o gosto e a experiencia de compartilhar a bebida em grupo.
Nos links abaixo voce pode entender os acessórios, as nomenclaturas (mate, chimarão, tererê) e também entender para ensinar às crianças um pouco da história e do contexto do consumo da bebida.

tererê ou chimarrão
história do mate

Divirtam-se!

Família Biruta
Elba, Léo, Rafa e Joca

 

 

 

Curta esse artigo:

Curta a página da Família Biruta!

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional. Você pode copiar e redistribuir este texto na rede. Porém, pedimos que o nome dos autores e o link para o post original sejam informados claramente. Disseminar informação na internet também significa informar a seus leitores quem a produziu.

Quem escreve |

Elba, Léo, Rafa e Joca Uma família tradicional, careta, dessas bem normais mesmo. Que decidiu embirutar por aí, ao menos um pouco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *